sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Ico & Sushi

Em cumprimento de promessa feita há três séculos, aqui fica uma foto dos meus pequenitos a dormitar no puff de pêlo que a avó lhes ofereceu. Não é a melhor e já é de antes do Natal, mas não tinha mais nenhuma à mão.

O Ico está um autêntico burro. Em comparação com esta aqui é que se nota. Está maior que um cão de raça pequena! E chato, mas tão chato que só visto (é da adolescência!) fala, fala, fala, o dia todo, parece uma pessoa. Se digo “Ico”, responde “remenhéu, méu!”, se digo “Não!”, logo se sai com um “Mééc, remenhéu!” tem sempre resposta para tudo. E o Sushi que quase não tem voz, segue logo a tentar imitar, pelo que passamos os dias a ouvir “Remelhéus” seguidos de um somzinho indistinto (qualquer coisa parecido com um rato muito ao longe).

Nos primeiros dias em que tivemos o Sushi em casa, ele escondia-se entre os meus pés, enquanto cozinhava, e ao que parece miava para lhe pegar ao colo, mas como não produzia qualquer som, só dava por ele quando queria andar e esbarrava num pingente de meio kilo a abrir e fechar a boca. Felizmente, agora já quase mia.

Por outro lado, actividade não lhes falta: passam os dias a correr, a dar cambalhotas, a trepar aos moveis, nas suas Kitty Wars privadas… depois cansam-se, dão muitos beijinhos e abracinhos um ao outro e dormem juntos cheios de ronrons (outra particularidade do Sushi é que não ronronava. Quando chegou, não olhava para ninguém nos olhos e não ronronava. Agora já olha para os nossos olhos (e de vez em quando também enfia lá uma pata), dá beijinhos, mas ronrom só o vi fazer uma vez e foi para o Ico…).

Quando chego a casa, transformam-se em Papagatos e trepam por mim a cima, deitando-se cada um num dos meus ombros e, é assim que tenho de fazer as lides domésticas… Posso baixar-me, levantar-me, andar pela casa fora, cozinhar, pôr roupa a lavar, seja o que for… não saem dali por nada. Pareço uma general com dois galões de pêlo ao ombro…

São tão meigos e tão ternurentos e tão fofos que acabo por esquecer o trabalho que dão e os disparates que inventam todos os dias.

Bem, vamos fim-de-semanar que já está mais do que a apetecer! Toca a aproveitar!

P.S.- Lua-de-Mel? CUBA! A Tia Arara ficou lá perto!

6 comentários:

claudia disse...

Olá! podes "roubar" ideias à vontade. tens é de acrescentar: casório e dar festinhas aos gatos!!

;)

Ka disse...

loooooool
Deu para ver bem a imagem do general com os galardões :))))

Finalmente ficamos a conhecer os protagonistas de algumas das tuas aventuras caseiras :)))

Beijoca para ti e festinha no Ico e Sushi

Ck in UK disse...

Alugas os gatinhos, alugas?

Mariah disse...

São tão lindos!! Olha que eu gostava de ver uma foto com teus gatitos em cada ombro.
Beijocas

Casemiro dos Plásticos disse...

animais bacanos:)
eles são assim porque são bem tratados e reconhecem-no.
beijo e optima semana:)

125_azul disse...

Bom dia, Senhora Generala! Os gatinhos ficam onde quando se pirar para Cuba???
Beijinhos